Receitas tradicionais

Biscoito de morango

Biscoito de morango

Bancada de biscoito

Partimos os biscoitos com o rolo de massa ou podemos colocá-los no liquidificador, depois cortamos a merda em cubinhos e derretemos com manteiga no fogo. Quando a manteiga e a merda derreterem, acrescente o cacau e misture bem. Adicione a essência de rum e despeje toda a composição líquida sobre os biscoitos. Misture bem e despeje a composição em uma fôrma redonda

Creme de iogurte

Bata bem as natas batidas e a seguir acrescente o iogurte, o açúcar de confeiteiro, a seguir despeje a gelatina que ficou de molho por 10 minutos e espalhe no banho de vapor.

Montando o bolo

No formato redondo que foi colocado, a folha de biscoito é primeiro colocada ao redor dos biscoitos. Depois de terminar de colocar, deitamos metade da composição de chantilly com iogurte, depois metade dos morangos picados e colocamos sobre o chantilly. Despeje o restante do creme. No topo decore com cerejas, morangos restantes e kiwis

Deixe esfriar por 4 horas.


  • Morangos 500 gr
  • 30 biscoitos Savoiardi
  • 500 ml de creme líquido
  • 4 ovos
  • 8 colheres de sopa de açúcar
  • sal
  • 500 ml de leite
  • 4 colheres de sopa de farinha
  • 2 saquetas de açúcar baunilha
  • 20 gr de gelatina
  • 100 ml de água

Primeiro preparamos os morangos.

Lavamos bem e retiramos as caudas, mas não, guardamos algumas para decorar.
Deixe escorrer por alguns minutos, depois coloque em uma tigela e polvilhe 4 colheres de açúcar por cima, depois coloque na geladeira até prepararmos o restante das composições.

Preparamos creme para bolo de morango

Passe 4 gemas com 4 colheres de açúcar e um pouco de sal, acrescente um pouco de leite frio e farinha, misture e deite o resto do leite morno.
Ferva o creme em fogo baixo, mastigando continuamente até engrossar, retire do fogo e deixe esfriar, cobrindo com papel alumínio para não pegar a crosta.
Bata as claras em neve com o açúcar de baunilha e incorpore ao creme de leite resfriado
Bata as natas batidas com a batedeira, a seguir misture metade com as natas e pare a metade para decorar.
Coloque a gelatina para hidratar em 100 ml de água, depois leve ao fogo baixo e mexa continuamente até que se dilua e despeje quente sobre o creme, mexendo bem na batedeira para homogeneizar.

Conjunto de bolo de morango

Escorra os morangos do líquido restante e misture levemente, com uma espátula de madeira, no creme.


  • Morangos 500 gr
  • 30 biscoitos Savoiardi
  • 500 ml de creme líquido
  • 4 ovos
  • 8 colheres de sopa de açúcar
  • sal
  • 500 ml de leite
  • 4 colheres de sopa de farinha
  • 2 saquetas de açúcar baunilha
  • 20 gr de gelatina
  • 100 ml de água

Primeiro preparamos os morangos.

Lavamos bem e retiramos as caudas, mas não, guardamos algumas para decorar.
Deixe escorrer por alguns minutos, depois coloque em uma tigela e polvilhe 4 colheres de açúcar por cima, depois coloque na geladeira até prepararmos o restante das composições.

Preparamos creme para bolo de morango

Esfregue 4 gemas com 4 colheres de açúcar e um pouco de sal, acrescente um pouco de leite frio e farinha, misture e deite o resto do leite morno.
Ferva o creme em fogo baixo, mastigando continuamente até engrossar, retire do fogo e deixe esfriar, cobrindo com papel alumínio para não pegar a crosta.
Bata as claras em neve com o açúcar de baunilha e incorpore ao creme de leite resfriado
Bata as natas batidas com a batedeira, misture metade com as natas e pare a metade para decorar.
Coloque a gelatina para hidratar em 100 ml de água, depois leve ao fogo baixo e mexa continuamente até que se dilua e despeje quente sobre o creme, mexendo bem na batedeira para homogeneizar.

Conjunto de bolo de morango

Escorra os morangos do líquido restante e misture levemente, com uma espátula de madeira, no creme.


Antes de mais, fazemos o creme (recheio) que deve permanecer frio até que o resto esteja pronto.

Mergulhe a gelatina em 2-3 colheres de sopa de água e derreta-a no suco de limão, aquecendo no micro até o efeito por 10-20 segundos.

Esfregue as gemas com o açúcar até formar uma espuma.

Bata o chantilly ao meio, não muito forte.

Bata as claras em neve e misture todas as batidas, esfregadas mais a casca e a gelatina derretida. Coloque tudo na geladeira por uma hora.

Esfregue os ovos com o açúcar. Misture a farinha com o fermento e acrescente mais água. Em uma assadeira com papel manteiga e untada com manteiga, vire a massa e leve ao forno por 10 minutos a 200 graus. Despeje a massa em outra assadeira na qual polvilhei açúcar (marrom se tiver) e enrole (vazia).

Depois de esfriar, precisamos de geléia, geléia (usei cobertura) de morangos ou morangos. Desdobramos a folha de massa e untamos com o que eu disse e a rolamos de volta. Então começamos a cortar dele as fatias com as quais cobrimos uma tigela com um fundo redondo.

Agora colocamos o creme e colocamos outra tampa também do rolo fatiado.

Colocamos um prato na boca da tigela e viramos de cabeça para baixo.
Enfeite com chantilly e morangos frescos.

A receita do bolo de morango foi proposta por shumaila no fórum culinário.


Antes de mais, fazemos o creme (recheio) que deve permanecer frio até que o resto esteja pronto.

Mergulhe a gelatina em 2-3 colheres de sopa de água e derreta-a no suco de limão, aquecendo no micro até o efeito por 10-20 segundos.

Esfregue as gemas com o açúcar até formar uma espuma.

Bata o chantilly ao meio, não muito forte.

Bata as claras em neve e misture todas as batidas, esfregadas mais a casca e a gelatina derretida. Coloque tudo na geladeira por uma hora.

Esfregue os ovos com o açúcar. Misture a farinha com o fermento e acrescente mais água. Em uma assadeira com papel manteiga e untada com manteiga, vire a massa e leve ao forno por 10 minutos a 200 graus. Despeje a massa em outra assadeira na qual polvilhei açúcar (marrom se tiver) e enrole (vazia).

Depois de esfriar, precisamos de geléia, geléia (usei cobertura) de morangos ou morangos. Desdobramos a folha de massa e untamos com o que eu disse e a rolamos de volta. Então começamos a cortar dele as fatias com as quais enfeitamos uma tigela com um fundo redondo.

Agora colocamos o creme e colocamos outra tampa também do rolo fatiado.

Colocamos um prato na boca da tigela e viramos de cabeça para baixo.
Enfeite com chantilly e morangos frescos.

A receita do bolo de morango foi proposta por shumaila no fórum culinário.


separe as claras das gemas. Bata bem as claras em neve com uma pitada de sal. Coloque o açúcar e a água em uma panela e deixe ferver até todo o açúcar derreter. Despejamos bem quente sobre as claras e mexemos continuamente. Quando terminar de despejar toda a calda, acrescente as gemas, a essência e o óleo. Coloque a farinha peneirada e misture com uma colher até que toda a composição esteja bem homogeneizada. Unte uma frigideira com óleo e forre-a com farinha. Despeje a massa e leve ao forno até passar no teste do palito. Deixe esfriar e corte a parte de cima do bolo ao meio.

CREME: em uma tigela coloque o chocolate ralado ou partido em pedacinhos juntamente com o chantilly em banho de vapor. Mexa continuamente até o chocolate derreter, tomando cuidado para não ferver. Quando derreter, reserve. Deixe esfriar e coloque o creme de leite na geladeira por algumas horas. Em seguida, mexa até que o creme dobre de volume e adquira uma textura cremosa, corte os morangos em cubinhos e junte ao creme de leite mexendo delicadamente para não esmagar.

XAROPE: coloque o açúcar e a água fervente em uma panela, leve a calda ao fogo por alguns minutos, até formar uma consistência, depois deixe esfriar.


MONTAGEM: no tabuleiro em que assamos a parte superior, colocamos papel alumínio, depois colocamos a primeira parte superior, xarope, colocamos o creme, depois a parte superior e xaropemos muito pouco a parte superior da parte superior. Coloque o bolo na geladeira por cerca de 1 hora. Em seguida, retire do papel alumínio e decore com chantilly e morangos. Deixe na geladeira até a hora de servir.


separe as claras das gemas. Bata bem as claras em neve com uma pitada de sal. Coloque o açúcar e a água em uma panela e deixe ferver até todo o açúcar derreter. Despejamos bem quente sobre as claras e mexemos continuamente. Quando terminar de despejar toda a calda, acrescente as gemas, a essência e o óleo. Coloque a farinha peneirada e misture com uma colher até que toda a composição esteja bem homogeneizada. Unte uma frigideira com óleo e forre-a com farinha. Despeje a massa e leve ao forno até passar no teste do palito. Deixe esfriar e corte a parte de cima do bolo ao meio.

CREME: em uma tigela coloque o chocolate ralado ou partido em pedacinhos juntamente com o chantilly em banho de vapor. Mexa continuamente até o chocolate derreter, tomando cuidado para não ferver. Quando derreter, reserve. Deixe esfriar e coloque o creme de leite na geladeira por algumas horas. Em seguida, mexa até que o creme dobre de volume e adquira uma textura cremosa, corte os morangos em cubinhos e junte ao creme, mexendo delicadamente para não esmagar.

XAROPE: coloque o açúcar e a água fervente em uma panela, leve a calda ao fogo por alguns minutos, até formar uma consistência, depois deixe esfriar.


MONTAGEM: no tabuleiro em que assamos a parte superior, colocamos papel alumínio, depois colocamos a primeira parte superior, xarope, colocamos o creme, depois a parte superior e xaropemos muito pouco a parte superior da parte superior. Coloque o bolo na geladeira por cerca de 1 hora. Em seguida, retire do papel alumínio e decore com chantilly e morangos. Deixe na geladeira até a hora de servir.


BOLO DE MORANGO COM CREME DE MASCARPONE

Não precisa ser um grande evento para criar um momento de festa com uma sobremesa deliciosa e refrescante que vai acentuar o seu bom humor e refrescar o seu dia.

Aqui está o que eu pensei em & # 8211 um maravilhoso bolo de morango com creme de mascarpone e chantilly. Terá um topo úmido e fofo, morangos frescos embrulhados em um creme fresco de mascarpone com chantilly e manteiga, e por cima uma fina camada de creme chantilly coberta com geleia.

ingredientes:

  • 200 gr. manteiga
  • 200 gr. açúcar
  • 2 colheres de sopa de açúcar baunilha
  • 5 ovos
  • 200 gr. farinha
  • 2 colheres de chá de fermento em pó
  • 2 gemas
  • 100 gr. manteiga
  • 80 gr. açúcar
  • Essência de baunilha
  • 100 ml. creme líquido
  • 250 gr. mascarpone
  • 300 gr. morangos

Começo preparando o topo para o qual bato muito bem a manteiga com o açúcar e o açúcar baunilhado até ficar branco e ficar com uma textura bem espumosa.

Adicione os ovos um de cada vez, mexendo depois de cada um, até incorporar completamente; em seguida, peneire sobre a farinha misturada com o fermento em pó e misture levemente.

Forro uma assadeira com manteiga e papel manteiga e despejo a composição obtida, que vou assar no forno pré-aquecido a 180 ° por 35-40 minutos.

Para o creme de leite, misture primeiro as duas gemas com o açúcar e a essência de baunilha com um garfo, depois coloque em banho-maria, mexendo sempre até formar um creme leve e o açúcar derreter completamente.

Deixo esfriar por alguns minutos e depois uso a batedeira enquanto vou adicionando a manteiga aos poucos.

No final coloco o queijo mascarpone e as natas batidas separadamente. Incorporo aos poucos e o creme está pronto.

Corte a parte superior que esfriou bem em duas partes iguais e coloque a primeira parte por baixo em um anel de uma forma para assar para montagem.

Espalhe uma camada de creme de leite e, com cuidado, coloque metade dos morangos nas laterais e por cima. Ficaria perfeito se não comêssemos muito nesse meio tempo e eu teria enchido toda a superfície do creme com frutas, se você tiver morangos suficientes à mão, não hesite em fazê-lo. O bolo com certeza vai ficar ainda mais legal que o meu.

Deito o resto das natas sobre os morangos, ponho a cobertura e preparo 100 ml de natas batidas, que bato bem e passo por cima de forma a obter uma superfície bastante uniforme.

Para a geleia de cima, usei um sachê vermelho de "geleia para bolo" de secagem rápida do Dr. Oetker, que preparei de acordo com as instruções da embalagem.

Com grande impaciência, coloco o bolo na geladeira por pelo menos duas horas, depois retiro com cuidado o anel e corto a primeira fatia. Mmmmm! & # 8230Bom, bom!


Bolo De Ingredientes Com Morangos E Panna Cotta

para um bolo de 24 cm. diâmetro

Gelatina de morango:

  • 800 gramas de morangos congelados (ou frescos, se for a estação completa)
  • 200 gramas de açucar
  • suco de 1/2 limão
  • 12 gramas de gelatina (de preferência folhas)

Bancada fina de clara de ovo:

  • 2 claras de ovo frescas
  • 1 pitada de sal
  • 50 gramas de açucar
  • 40 gramas de manteiga derretida
  • 40 gramas de farinha

Panna Cotta:

  • 800 ml. chantilly com um mínimo de 33% de gordura
  • 200 ml. leite inteiro
  • 2 claras de ovo frescas
  • 120 gramas de açucar
  • 1 pitada de sal
  • 2 vagens de baunilha
  • 50 gramas de água
  • 25 gramas de gelatina (de preferência folhas)

Montagem e decoração:

  • 300 gramas de morangos frescos
  • groselha (ou outra fruta, de preferência, por exemplo amoras, mirtilos, etc.)
  • 3-4 pedaços de kumquat (opcional)
  • folhas de hortelã fresca
  • 8 a 10 engastes
  • 2 colheres de sopa de suco de limão
  • 6 gramas de gelatina (de preferência folhas)

Preparação de Bolo de Morango e Panna Cotta

1. Começamos com um coulis, que será a base da geleia de morango: leve ao fogo os morangos congelados (ou frescos, se for da estação) junto com o suco de 1/2 limão e 200 gramas de açúcar. Leve tudo para ferver bem, só o suficiente para amolecer bem os morangos, depois passe-os por uma peneira, insistindo com uma colher até que fique uma substância quase seca na peneira (caroço de morango).

2. Hidratamos em água muito fria, em 2 vasilhames diferentes, 6 gramas de gelatina (de preferência em lâminas, que são mais puras e não trazem muita água no preparo final). Preparamos duas formas com um diâmetro de 22-24 cm nas quais colocamos uma camada de papel alumínio. Medimos com um recipiente graduado de 300 ml cada. do coulis quente de morango (não quente, porque a mais de 60 graus a gelatina é destruída). Esprema bem a gelatina hidratada e acrescente 6 gramas de gelatina a cada 300 ml. de coulis de morango, mexendo até que a gelatina se dissolva.

3. Despeje 300 ml em cada forma. de geleia de morango e leve ao freezer por 15-20 minutos, até endurecer.

4. Após o endurecimento, remova a geleia da forma com filme plástico e vire-a sobre uma superfície plana sobre a qual foi colocada uma folha de papel manteiga. Retire o papel alumínio e corte os discos com diâmetro de 20 cm.

5. Proceda de forma idêntica com os dois discos, dos quais obteremos duas inserções de sabor intenso para o nosso bolo. Os discos são mantidos no papel manteiga na base, com o seu auxílio são transferidos para uma bandeja e colocados na geladeira até serem utilizados. Ficamos com o coulis de morango preparado, guardamos para montagem. (Teremos também as orlas recortadas em gel, que podemos comer à vontade, desfrutando de uma geleia muito perfumada e 100% natural).

6. Despeje o creme de leite e o leite em uma panela. Divida as vagens de baunilha no sentido do comprimento, raspe as sementes com a ponta de uma faca e coloque na assadeira, junto com as vagens. Aqueça bem a mistura no fogo, depois desligue o fogo e deixe infundir sob a tampa por 30 minutos, para que o sabor de baunilha penetre bem no líquido.

7. Até que a baunilha esteja bem infundida, prepare a cobertura. Ligue o forno e coloque-o em 180 graus Celsius. Bata as 2 claras em neve com o sal na batedeira, depois acrescente o açúcar aos poucos e bata até obter um merengue firme, no qual o açúcar se dissolva completamente. Polvilhe a farinha e acrescente o extrato de baunilha e a manteiga derretida, mas não quente, e misture levemente com uma espátula, para não perder completamente o ar acumulado nas claras. Distribua esta mistura em uma camada uniforme e o mais fina possível (5-7 mm) em uma bandeja coberta com papel manteiga. Asse a parte superior no forno pré-aquecido a 180 graus por 10 minutos, quase dourando. Deixe esfriar e depois corte um topo redondo com 24 cm de diâmetro.

8. Para preparar panna cotta, hidrate 26 gramas de gelatina em água muito fria. Enquanto isso, remova as vagens de baunilha vazias do líquido em que foram infundidas.

9. Coloque no fogo 100 gramas de açúcar refinado e 50 ml. de água. Ferva até que seja formado um xarope espesso que ferve com grandes lâmpadas e ao medir com o termômetro de leitura instantânea a temperatura do xarope é de 116 graus Celsius. À parte, bata as 2 claras em neve com 1 pitada de sal e acrescente os 20 gramas restantes de açúcar. Devemos sincronizar o momento em que a calda atinge a temperatura indicada com o grau de batimento do merengue, que deve formar cristas suaves na superfície, para preparar um merengue italiano, como mostramos em detalhes em receita de macarons com creme de limão. Despeje a calda quente sobre a mesa de merengue, batendo com a batedeira em velocidade alta. Continue batendo até que o merengue esfrie completamente. Isso dá um merengue muito firme, mas também seguro para a saúde, porque as claras são cozidas.

10. Aqueça o creme com infusão de baunilha para

50 graus Celsius (observe que se estiver muito quente & # 8211 mais de 60 graus & # 8211 a gelatina perderá suas propriedades). Esprema bem a gelatina hidratada e dissolva no creme. 1/3 do creme de gelatina é adicionado sobre o merengue e misturado brevemente até incorporado. Junte a massa do merengue diluído sobre o resto das natas e misture ligeiramente com uma espátula, para que fique arejado (por isso também acrescentei o merengue italiano, para não obter uma massa muito compacta).

11. Montagem do bolo: em uma forma com paredes removíveis com diâmetro de 24 cm, coloque a clara de ovo fina na base e deixe de molho em 3-4 colheres de sopa do coulis de morango restante. Lave bem, seque e limpe os morangos frescos, escolha alguns tão iguais quanto possível e corte-os ao meio da altura. A parte cortada dos morangos é embebida em coulis e então prensada bem na borda da forma (o coulis semi-viscoso ajudará a aderir bem às paredes da forma, resultando em bordas limpas. O restante dos morangos é guardado por decoração.

12. Despeje cuidadosamente 1/3 da composição de panna cotta, bata levemente na mesa algumas vezes a massa para aderir bem à composição dos demais elementos, depois coloque no freezer por 15-20 minutos, até esta primeira camada de fortalece.

13. Depois que a primeira camada de panna cotta endurecer, espalhe de 1 a 2 colheres de sopa do restante da panna cotta na superfície e espalhe a composição líquida com as costas da colher. Usando papel manteiga, vire o primeiro disco de geleia de morango em uma forma, a seguir remova o papel e pressione levemente o disco na superfície, que irá aderir bem com a fina camada de composição líquida.

14. Despeje imediatamente sobre a geleia de morango, insira uma segunda camada de 1/3 da composição de panna cotta e coloque no freezer novamente por 15-20 minutos, em seguida, repita o procedimento descrito na etapa 13, adicionando, adicione outra inserção de geleia e, em seguida, cubra tudo com o resto da panna cotta. Leve o bolo à geladeira por 3 horas, após o que estará firme o suficiente para ficar fora de forma. Para tirar o bolo da forma, eu uso uma tocha de cozinha para aquecer as paredes removíveis da forma, mas você também pode usar um pano de prato umedecido em água quente. Com cuidado, desfaça o anel que, depois de dilatado por aquecimento, deve ser facilmente destacado da composição do bolo.

15. Já parece muito bom, não é? Uma ocasião especial vale a pena tentar um pouco mais forte, então foi assim que procedemos: hidratamos 4 gramas de gelatina em água bem fria. Aqueci o coulis de morango restante a 50 graus, dissolvi a gelatina e derramei na superfície do bolo, deixando escorrer pelas bordas.

Hidratei os 2 gramas restantes de gelatina e dissolvi em 150 ml. de água morna, depois acrescentei 2 colheres de sopa de suco de limão. Cada fatia de fruta que coloquei no bolo e cada folha de hortelã passou primeiro por esse "banho" de limão e gelatina, que ajudou a fruta a ficar com um belo brilho e não se oxidar tão rápido. Escorra bem a fruta sobre um pano de prato depois de imersa em água com limão e gelatina e coloque sobre o bolo. Os frutos utilizados, claro, podem ser à escolha de todos (apenas morangos, morangos + amoras, mirtilos, etc.). Eu também adicionei alguns merengues brancos para contraste e textura.

Não tenho fotos da seção de bolos, os convidados vieram à noite e foram tão gulosos que em 10 minutos eu não tinha mais para o que posar. Vamos tentar imaginar a seção, camadas perfeitamente brancas contrastando com as de um vermelho intenso. O sabor era adorável, suave, aveludado, não excessivamente doce, mas muito perfumado.

Espero que esta receita o tente e até o prepare para uma das ocasiões especiais da sua vida. Estou à sua espera com boas notícias e desejo uma primavera cheia de amor!


Bolo De Ingredientes Com Morangos E Panna Cotta

para um bolo de 24 cm. diâmetro

Gelatina de morango:

  • 800 gramas de morangos congelados (ou frescos, se for a temporada)
  • 200 gramas de açucar
  • suco de 1/2 limão
  • 12 gramas de gelatina (de preferência folhas)

Bancada fina de clara de ovo:

  • 2 claras de ovo frescas
  • 1 pitada de sal
  • 50 gramas de açucar
  • 40 gramas de manteiga derretida
  • 40 gramas de farinha

Panna Cotta:

  • 800 ml. chantilly com um mínimo de 33% de gordura
  • 200 ml. leite inteiro
  • 2 claras de ovo frescas
  • 120 gramas de açucar
  • 1 pitada de sal
  • 2 vagens de baunilha
  • 50 gramas de água
  • 25 gramas de gelatina (de preferência folhas)

Montagem e decoração:

  • 300 gramas de morangos frescos
  • groselha (ou outra fruta, de preferência, por exemplo amoras, mirtilos, etc.)
  • 3-4 pedaços de kumquat (opcional)
  • folhas de hortelã fresca
  • 8 a 10 engastes
  • 2 colheres de sopa de suco de limão
  • 6 gramas de gelatina (de preferência folhas)

Preparação de Bolo de Morango e Panna Cotta

1. Começamos com um coulis, que será a base da geleia de morango: leve ao fogo os morangos congelados (ou frescos, se for da estação) junto com o suco de 1/2 limão e 200 gramas de açúcar. Leve tudo para ferver bem, só o suficiente para amolecer bem os morangos, depois passe-os por uma peneira, insistindo com uma colher até que fique uma substância quase seca na peneira (caroço de morango).

2. Hidratamos em água muito fria, em 2 vasilhames diferentes, 6 gramas de gelatina (de preferência em lâminas, que são mais puras e não trazem muita água no preparo final). Preparamos duas formas com um diâmetro de 22-24 cm nas quais colocamos uma camada de papel alumínio. Medimos com um recipiente graduado de 300 ml cada. do coulis quente de morango (não quente, porque a mais de 60 graus a gelatina é destruída). Esprema bem a gelatina hidratada e acrescente 6 gramas de gelatina a cada 300 ml. de coulis de morango, mexendo até que a gelatina se dissolva.

3. Despeje 300 ml em cada forma. de geleia de morango e leve ao freezer por 15-20 minutos, até endurecer.

4. Após o endurecimento, remova a geleia da forma com filme plástico e vire-a sobre uma superfície plana sobre a qual foi colocada uma folha de papel manteiga. Retire o papel alumínio e corte os discos com diâmetro de 20 cm.

5. Proceda de forma idêntica com os dois discos, dos quais obteremos duas inserções de sabor intenso para o nosso bolo. Os discos são mantidos no papel manteiga na base, com o seu auxílio são transferidos para uma bandeja e colocados na geladeira até serem utilizados. Ficamos com o coulis de morango preparado, guardamos para montagem. (Teremos também as orlas recortadas em gel, que podemos comer à vontade, desfrutando de uma geleia muito perfumada e 100% natural).

6. Despeje o chantilly e o leite em uma panela. Divida as vagens de baunilha no sentido do comprimento, raspe as sementes com a ponta de uma faca e coloque na assadeira, junto com as vagens. Aqueça bem a mistura no fogo, depois desligue o fogo e deixe infundir embaixo da tampa por 30 minutos, para que o sabor de baunilha penetre bem no líquido.

7. Até que a baunilha esteja bem infundida, prepare a cobertura. Ligue o forno e coloque-o em 180 graus Celsius. Bata as 2 claras em neve com o sal na batedeira, depois acrescente o açúcar aos poucos e bata até obter um merengue firme, no qual o açúcar se dissolva completamente. Polvilhe a farinha e acrescente o extrato de baunilha e a manteiga derretida, mas não quente, e misture levemente com uma espátula, para não perder completamente o ar acumulado nas claras. Distribua esta mistura em uma camada uniforme e o mais fina possível (5-7 mm) em uma bandeja coberta com papel manteiga. Asse a parte superior no forno pré-aquecido a 180 graus por 10 minutos, quase dourando. Deixe esfriar e depois corte um topo redondo com 24 cm de diâmetro.

8. Para preparar panna cotta, hidrate 26 gramas de gelatina em água muito fria. Enquanto isso, remova as vagens de baunilha vazias do líquido em que foram infundidas.

9. Coloque no fogo 100 gramas de açúcar refinado e 50 ml. de água. Ferva até que se forme um xarope espesso que ferve com grandes lâmpadas e, ao medir com o termômetro de leitura instantânea, a temperatura do xarope é de 116 graus Celsius. À parte, bata as 2 claras em neve com 1 pitada de sal e acrescente os 20 gramas restantes de açúcar. Devemos sincronizar o momento em que a calda atinge a temperatura indicada com o grau de batimento do merengue, que deve formar cristas suaves na superfície, para preparar um merengue italiano, como mostramos em detalhes em receita de macarons com creme de limão. Despeje a calda quente sobre a mesa de merengue, batendo com a batedeira em velocidade alta. Continue batendo até que o merengue esfrie completamente. Isso dá um merengue muito firme, mas também seguro para a saúde, porque as claras são cozidas.

10. Aqueça o creme com infusão de baunilha para

50 graus Celsius (observe, se estiver muito quente & # 8211 mais de 60 graus & # 8211 a gelatina perderá suas propriedades). Esprema bem a gelatina hidratada e dissolva no creme. 1/3 do creme de gelatina é adicionado sobre o merengue e misturado brevemente até incorporado. Junte a massa do merengue diluído sobre o resto das natas e misture ligeiramente com uma espátula, para que fique arejado (por isso também acrescentei o merengue italiano, para não obter uma massa muito compacta).

11. Montagem do bolo: em uma forma com paredes removíveis com diâmetro de 24 cm, coloque a clara de ovo fina na base e deixe de molho em 3-4 colheres de sopa do coulis de morango restante. Lave bem, seque e limpe os morangos frescos, escolha alguns tão iguais quanto possível e corte-os ao meio da altura. A parte cortada dos morangos é embebida em coulis e então prensada bem na borda da forma (o coulis semi-viscoso ajudará a aderir bem às paredes da forma, resultando em bordas limpas. O restante dos morangos é guardado por decoração.

12. Despeje cuidadosamente 1/3 da composição de panna cotta, bata levemente na mesa algumas vezes a massa para aderir bem à composição dos demais elementos, depois coloque no freezer por 15-20 minutos, até esta primeira camada de fortalece.

13. Depois que a primeira camada de panna cotta endurecer, espalhe 1-2 colheres de sopa do restante da panna cotta na superfície e espalhe a composição líquida com as costas da colher. Usando papel manteiga, vire o primeiro disco de geléia de morango em uma forma, depois remova o papel e pressione levemente o disco na superfície, que irá aderir bem com a fina camada de composição líquida.

14. Despeje imediatamente sobre a geleia de morango, insira uma segunda camada de 1/3 da composição de panna cotta e coloque no freezer novamente por 15-20 minutos, em seguida, repita o procedimento descrito na etapa 13, adicionando, adicione outra inserção de geleia e, em seguida, cubra tudo com o resto da panna cotta. Leve o bolo à geladeira por 3 horas, após o que estará firme o suficiente para ficar fora de forma. Para tirar o bolo da forma, eu uso uma tocha de cozinha para aquecer as paredes removíveis da forma, mas você também pode usar um pano de prato umedecido em água quente. Com cuidado, desfaça o anel que, depois de dilatado por aquecimento, deve ser facilmente destacado da composição do bolo.

15. Já parece muito bom, não é? Uma ocasião especial vale a pena tentar um pouco mais forte, então foi assim que procedemos: hidratamos 4 gramas de gelatina em água bem fria. Aqueci o coulis de morango restante a 50 graus, dissolvi a gelatina e derramei na superfície do bolo, deixando escorrer pelas bordas.

Hidratei os 2 gramas restantes de gelatina e dissolvi em 150 ml. de água morna, depois acrescentei 2 colheres de sopa de suco de limão. Cada fatia de fruta que coloquei no bolo e cada folha de hortelã passou primeiro por esse "banho" de limão e gelatina, que ajudou a fruta a ficar com um belo brilho e não se oxidar tão rápido. Escorra bem as frutas sobre um pano de prato depois de mergulhar em água com limão e gelatina e coloque sobre o bolo. Os frutos utilizados, claro, podem ser à escolha de todos (apenas morangos, morangos + amoras, mirtilos, etc.). Eu também adicionei alguns merengues brancos para contraste e textura.

Não tenho fotos da seção de bolos, os convidados vieram à noite e foram tão gulosos que em 10 minutos eu não tinha mais para o que posar. Vamos tentar imaginar a seção, camadas perfeitamente brancas contrastando com as de um vermelho intenso. O sabor era adorável, suave, aveludado, não excessivamente doce, mas muito perfumado.

Espero que esta receita o tente e até o prepare para uma das ocasiões especiais da sua vida. Estou à sua espera com boas notícias e desejo uma primavera cheia de amor!


Bolo De Ingredientes Com Morangos E Panna Cotta

para um bolo de 24 cm. diâmetro

Gelatina de morango:

  • 800 gramas de morangos congelados (ou frescos, se for a estação completa)
  • 200 gramas de açucar
  • suco de 1/2 limão
  • 12 gramas de gelatina (de preferência folhas)

Bancada fina de clara de ovo:

  • 2 claras de ovo frescas
  • 1 pitada de sal
  • 50 gramas de açucar
  • 40 gramas de manteiga derretida
  • 40 gramas de farinha

Panna Cotta:

  • 800 ml. chantilly com um mínimo de 33% de gordura
  • 200 ml. leite inteiro
  • 2 claras de ovo frescas
  • 120 gramas de açucar
  • 1 pitada de sal
  • 2 păstăi de vanilie
  • 50 de grame de apă
  • 25 de grame de gelatină (preferabil foi)

Asamblare și decor:

  • 300 de grame de căpșuni proaspete
  • coacăze roșii (sau alte fructe, după preferință, de exemplu mure, afine etc)
  • felii din 3-4 bucăți de kumquat (opțional)
  • frunze proaspete de mentă
  • 8-10 bezele
  • 2 linguri de zeamă de lămâie
  • 6 grame de gelatină (preferabil foi)

Preparare Tort Cu Căpșuni Și Panna Cotta

1. Începem cu un coulis, care va fi baza jeleului de căpșuni: se pun pe foc căpșunile congelate (sau proaspete, dacă e sezon) împreună cu zeama de la 1/2 lămâie și 200 de grame de zahăr. Se dă totul într-un clocot bun, doar cât să se înmoaie bine căpșunile, apoi se trec prin sită, insistând cu o lingură până când în sită rămâne o substanță aproape uscată (sâmburii căpșunilor).

2. Punem la hidratat în apă foarte rece, în 2 recipiente diferite, câte 6 grame de gelatină (preferabil foi, care e mai pură și nici nu aduce multă apă în preparatul finit). Pregătim două forme cu diametrul de 22-24 cm în care așezăm un strat de folie alimentară. Măsurăm cu un recipient gradat câte 300 de ml. din coulis-ul de căpșuni cald (nu fierbinte, pentru că la peste 60 de grade se distruge gelatina). Stoarcem bine gelatina hidratată și adăugăm câte 6 grame de gelatină la fiecare 300 de ml. de coulis de căpșuni, amestecând până se dizolvă gelatina.

3. În fiecare formă se toarnă câte 300 de ml. de jeleu de căpșuni și se dă la congelator timp de 15-20 de minute, până se întărește.

4. După ce s-a întărit, jeleul se scote din formă cu ajutorul foliei alimentare și se răstoarnă pe o suprafață plană pe care s-a așternut o coală de hârtie de copt. Se îndepărtează folia și se decupează discuri cu diametrul de 20 de cm.

5. Se procedează identic cu ambele discuri, din care vom obține două inserții aromate intens pentru tortul nostru. Discurile se păstrează pe hârtia de copt de la bază, cu ajutorul acesteia se transferă pe o tavă și se dau la frigider până când le vom folosi. O să ne mai rămână din coulis-ul de căpșuni pregătit, îl păstrăm pentru asamblare. (O să ne rămână și marginile decupate de jeleu, pe care le putem mânca după pofta inimii, bucurându-ne de un jeleu foarte aromat și 100% natural).

6. Smântâna pentru frișcă și laptele se toarnă într-o crăticioară. Se despică păstăile de vanilie pe lungime, se răzuiesc semințele cu vârful cuțitului și se adaugă în crăticioară, împreună cu păstăile. Se înfierbântă bine amestecul pe foc, apoi se oprește focul și se lasă să infuzeze sub capac timp de 30 de minute, pentru ca aroma de vanilie să pătrundă bine lichidul.

7. Până când se infuzează bine vanilia, pregătim blatul. Aprindem cuptorul și îl fixăm la 180 de grade celsius. Batem cu mixerul cele 2 albușuri împreună cu sarea, apoi adăugăm zahărul treptat și batem până obținem o bezea fermă, în care zahărul s-a dizolvat complet. Presărăm făina și adăugăm extractul de vanilie și untul topit, dar nu fierbinte, și amestecăm ușor cu o spatulă, așa încât să nu se piardă complet aerul acumulat în albușuri. Distribuim acest amestec într-un strat uniform și cât mai subțire (de 5-7 mm) pe o tavă acoperită cu hârtie de copt. Coacem blatul în cuptorul preîncins la 180 de grade timp de 10 minute, abia să fie auriu. Îl lăsăm să se răcească apoi decupăm un blat rotund cu diametrul de 24 cm.

8. Pentru a pregăti panna cotta, punem la hidratat 26 de grame de gelatină în apă foarte rece. Între timp îndepărtăm păstăile goale de vanilie din lichidul în care s-au infuzat.

9. Punem pe foc 100 de grame de zahăr tos și 50 de ml. de apă. Fierbem până când se formează un sirop gros care fierbe cu bulbuci mari iar la măsurarea cu termometrul cu citire instantanee temperatura siropului este de 116 grade Celsius. Separat, se bat cele 2 albușuri cu 1 praf de sare și se adaugă cele 20 de grame de zahăr rămase. Trebuie să sincronizăm momentul în care siropul atinge temperatura indicată cu gradul de batere al bezelei, care trebuie să formeze creste moi la suprafață, pentru a pregăti o bezea italiană, așa cum am arătat în detaliu la rețeta de macarons cu cremă de lămâie. Se toarnă siropul fierbinte peste masa de bezea, în timp ce se bate cu mixerul la viteză mare. Se bate în continuare până când bezeaua se răcește complet. Se obține astfel o bezea foarte fermă dar și sigură pentru sănătate, pentru că albușurile sunt gătite.

10. Se încălzește smântâna infuzată cu vanilie până la temperatura de

50 de grade Celsius (țineți cont, dacă e prea fierbinte – mai mult de 60 de grade – gelatina își va pierde proprietățile). Se stoarce bine gelatina hidratată și se dizolvă în smântână. 1/3 din smântâna cu gelatină se adaugă peste bezea și se mixează scurt, până se încorporează. Se adaugă masa bezeaua diluată peste restul de smântână și se omogenizează ușor cu o spatulă, ca să rămână aerată (acesta fiind și motivul pentru care am adăugat bezeaua italiană, să nu obțin o masă foarte compactă).

11. Asamblarea tortului: într-o formă cu pereți detașabili cu diametrul de 24 cm se așează la bază blatul subțire de albuș și se îmbibă în 3-4 linguri din coulis-ul de căpșuni rămas. Se spală bine, se zvântă și se curăță căpșunile proaspete, se aleg unele cât mai egale și se taie în jumătăți pe înălțime. Partea tăiată a căpșunilor se înmoaie în coulis apoi se presează bine la marginea formei (coulis-ul semi vâscos va ajuta să adere bine de pereții formei, rezultând margini curate. Restul de căpșuni se păstrează pentru decor.

12. Se toarnă cu grijă 1/3 din compoziția de panna cotta, se lovește ușor de câteva ori de masă forma, ca să adere bine compoziția de celelalte elemente, apoi se dă la congelator timp de 15-20 de minute, până ce acest prim strat de întărește.

13. După ce primul strat de panna cotta s-a întărit, se stropește pe suprafață cu 1-2 linguri din restul de panna cotta și cu dosul lingurii se întinde compoziția lichidă. Cu ajutorul hârtiei de copt, răsturnăm în formă primul disc de jeleu de căpșuni, apoi îndepărtăm hârtia și presăm ușor discul pe suprafață, care va adera bine cu ajutorul stratului subțire de compoziție lichidă.

14. Imediat se toarnă deasupra inserției de jeleu de căpșuni un al doilea strat de 1/3 din compoziția de panna cotta și se dă la congelator din nou pentru 15-20 de minute, după care se repetă procedeul descris la pasul 13, adăugându-se încă o inserție de jeleu, apoi acoperind totul cu restul de panna cotta. Se dă tortul la frigider timp de 3 ore, după care va fi destul de ferm ca să se scoată din formă. Pentru a scoate tortul din formă, eu folosesc o torță de bucătărie cu care încălzesc pereții detașabili ai formei, dar puteți folosi și un prosop de bucătărie înmuiat în apă fierbinte. Se desface inelul cu grijă, care, după ce s-a dilatat prin încălzire, ar trebui să se desprindă ușor de compoziția tortului.

15. Arată deja destul de bine, nu-i așa? O ocazie specială merită să ne străduim un pic mai mult, așa că iată cum am procedat în continuare: am pus la hidratat în apă foarte rece 4 grame de gelatină. Am încălzit până la 50 de grade coulis-ul de căpșuni rămas, am dizolvat în el gelatina și l-am turnat pe suprafață tortului, lăsându-l să se scurgă și pe margini.

Am hidratat restul de 2 grame de gelatină și am dizolvat-o în 150 de ml. de apă caldă, apoi am adăugat 2 linguri de zeamă de lămâie. Fiecare felie de fruct pe care am așezat-o pe tort și fiecare frunzuliță de mentă a trecut mai întâi prin această ”baie” cu lămâie și gelatină, care au ajutat fructele să capete un luciu frumos și să nu se oxideze așa de rapid. Se scurg bine fructele pe un șervet de bucătărie după ce se înmoaie în apa cu lămâie și gelatină apoi se așează pe tort. Fructele folosite, desigur, pot fi la alegerea fiecăruia (numai căpșuni, căpșuni + mure, afine etc). Eu am adăugat și câteva bezele albe, pentru contrast și textură.

Nu am poze cu secțiunea tortului, oaspeții au venit la ceas de seară și au fost atât de pofticioși, încât în 10 minute nu am mai avut ce să pozez. Hai să ne încercăm să ne imaginăm secțiunea, straturi perfect albe contrastând cu cele de un roșu intens. Gustul a fost încântător, blând, catifelat, nu exagerat de dulce dar foarte aromat.

Sper ca această rețetă să vă tenteze și chiar să o pregătiți la una din ocaziile speciale din viața voastră. Eu vă aștept cu vești bune și vă doresc o primăvară plină de iubire!